24/04/2013

REMÉDIO PRA VERME




Professor Trajano tava dando aulas do curso de madureza à noite, no grupo escolar de Tabuí. Alunos cansados do trabalho diário, alguns de porre, outros de ressaca, enquanto alguns e algumas já estavam prontos para uns encontros depois das aulas.

Naquela noite, o mestre - idealista como quase todo professor - resolveu inovar. Levou de casa dois copos de vidro e duas lombrigas solitárias que conseguira com a vizinha que fizera o filho de cinco anos defecar numa folha de caderno.
- Observem aqui! Prestenção!...
Primeiro professor Trajano colocou uma lombriga dentro de um copo com água. A bichinha ficou nadando pra cima e pra baixo, toda serelepe. Aí ele pegou um copo onde, segundo ele, tinha colocado cerveja. Botou nele a outra lombriga. A danadinha não gostou, estrebuchou e em poucos segundos estava morta.
- Vocês viram? O que aprendemos com a experiência?
Cirino, um dos que estavam já com uns gases alcoólicos na cuca, levantou a mão, ficou de pé e veio em direção ao professor.
- Fessô - hic - negósiguim... Ieu aprendi que - hic - se eu bebo cerveja, fico sem verme! Hic... Intão já tô ino toma a minha! Hic... Boa noite!...
Postar um comentário