15/05/2013

VELHINHOS TRETEIROS



   
Dois velhinhos conversavam, na praça de Tabuí, preocupados com as modernidades e os costumes estranhos dos mais novos.
    - Cê num há de vê, sô! Que trem mais esquisito. Eu vi cuesse óios que um dia a terra arará de cumê!...
    - Que quicê viu, cumpá Romuardo?
    - Ãhn?... Ah, o quecovi? Isquici, sô!... Ah, bão!... Vi um molecote coisano cuma cabrita, sô! Bem tranquilis, tranquilis... Eu é quinté fiquei cum veigonha e oiei pouto lado... Que farta de decênça, sô!
    - É mezzz, né? Esse mundo tá memo meio pirdido...
    - Ó, sô! E saquecovi isturdia? Um véio quais da nossa idade, mais de oitenta, fazeno indecença cuele mezzz, lá atrais do posdesaúde! Que veigonha cofiquei, cumpade!...
    - Mas, cumpade, nessa idade, cê quiria era quiele corresse atrais de cabrita?
Postar um comentário