02/05/2013

A ZONA ONQUIÉ MEZZZ?



Felizardo Furtado chegou num sábado de tardezinha a Tabuí, com o bolso cheio da grana que ganhara na semana e resolve que queria dar uma passada na zona. Mas ele frequentava tão pouco a cidade que não conhecia nada e nem ninguém por lá. “Vô tê qui priguntá onquié”... E o primeiro que aparece, quem foi? Padre Anacleto. Felizardo treme nas bases ao ver que é um padre, mas já que ele parou, tinha que falar.
- Bença, sô padre! Oné que fica a igreja do sinhô?
Gentilmente o padre Anacleto explica pra ele, pensando em mais uma ovelha voltando ao aprisco.
- É bem ali, figlio, na segunda esquina, no meio da praça...
- Ah, padre, bem ali pertim da zona, né mezz?
- Não, figlio, a zona é lá do outro lado do córrego, depois da ponte... 
Postar um comentário