23/01/2013

PAPO DE AMIGOS




Depois de muito tempo sem se encontrarem, o Manel e o Sansão trombam na esquina da Rua do Sossego com a Rua do Comércio, lá em Tabuí. Trombam é maneira de dizer, batem barriga com barriga, pois que o Sansão tava apressadinho e não deu tempo de parar quando viu o amigo. Papo vai, papo vem, entram pelos assuntos do sentimento. E o Manel indaga:
- Ô sô, e o casório, já saiu?
- Que casório, sô?
- Uai, o seu ca Girda, sô!
- Ihhhh! Girda? Já era, home de Deus!...
- Uai!... Causdiquê, sô? A danadinha é tão bunita!
- Ó, Mané, ocê ia querê casá com uma pessoa preguiçosa, lambacenta, enrolada e mintirosa?... Cê ia?
- Nem vê, sô! Curuz, Sansão!...
- Pois é, Mané!... Ela tamém não!...
Postar um comentário