21/05/2008

Procurando a Alma Gêmea

Aristeu estava separado da esposa. Desquite já em fase final. Casara jovem e não pôde fazer muito proveito da vida de solteiro. Agora, já quarentão, começava a curtir novamente a solteirice, ao mesmo tempo em que pensava em recompor a vida ao lado de outra companheira. Por isso, trajava-se e comportava-se como um rapazinho evitando, contudo, o espelho, para ignorar sua feiura. E sentia-se bonitão.
- Vou procurar minha alma gêmea, a minha outra metade!
Não perdia bailes, festas, aniversários, casamentos... Nesses ambientes jogava todo seu charme. Só que não fazia efeito. Mulher nenhuma correspondia aos seus desejos. Desanimado com a falta de resultados, deixou a badalação e enclausurou-se num desconfortado quarto de sua casa. Lá foi curtir a solidão. Seu único companheiro era um rádio Semp, movido a pilhas, com quatro faixas de ondas. Numa noite estafante, sintoniza uma rádio daqui, outra dali, até que acha uma da capital. O programa do horário era “Namoro pelo Rádio”.
Aristeu mudou o estado d’alma. Ficou de ouvidos em pé. Pegou caneta e papel. Tomou nota do nome de uma solteirona de 42 anos, morena, olhos castanhos e cabelos pretos. Profissão: doméstica. Sua preferência era por um homem do interior.
O candidato Aristeu, com nome e endereço da coroa, ia agora tentar a sorte: escrever. Na carta não foi sincero. Descreveu uma falsa imagem. A carta chegou ao destino. Marli, - era o nome dela -, topa a parada. Pede uma foto. O mancebo sentiu-se apertado. Escreveu carta afirmando com bastante convicção que desde criança tinha aversão por fotografias e que delas só tinha más recordações. Principalmente das últimas que havia tirado ainda jovem: quando do casamento fracassado e a outra quando posara ao lado do pai, que veio a falecer poucos dias depois. Dizia ainda que havia destruído as poucas fotografias que possuía e as únicas que ainda tinha estavam pregadas em seus documentos.
A moça Marli leu a carta e acreditou no moço. Respondeu que uma simples fotografia não impediria o namoro. Estava ansiosa para conhecê-lo e queria saber do dia que poderia dar uma esticada até Tabuí para vê-lo pessoalmente.
O quarentão marcou o encontro para um dia de sábado do frio mês de junho. A moça confirmou sua viagem na data marcada. Sairia da capital por volta de meia noite e chegaria em Tabuí às cinco e meia da madrugada. Aristeu a esperaria no bar que também servia de rodoviária.
Eufórico, ele comentava com todo mundo o dia e a hora da chegada da futura namorada que viria da capital.
Chegou o dia tão esperado. Às quatro da madruga Aristeu já estava de pé. Vestiu o terno, barbeou-se, usou o melhor perfume, penteou-se e foi pra rodoviária. Pelas ruas foi convidando quem encontrava para assistir ao encontro.
O ônibus chegou com quase uma hora de atraso, deixando o Aristeu preocupado. O motorista abre a porta e os passageiros descem. De repente uma morena esbelta, de cabelos pretos e curtos aparece na porta do ônibus. Era ela, a Marli. Desceu e foi em direção a um grupo de mais ou menos dez pessoas e perguntou:
- Qual de vocês é o Aristeu Benedito da Costa?
O quarentão estufou os peitos, meteu as mãos na cintura, olhou a reação dos companheiros e falou todo orgulhoso:
- Sou eu, uai!
A quarentona fez um instante de silêncio, mirou-o da cabeça aos pés, torceu o nariz e perguntou meio assustada:
- A que horas sai o próximo ônibus para Bel’Zonte?

22 comentários:

Hago disse...

Bem contado. Gostei.

Jaqueline Amorim disse...

huashuashuashuashuas... Coitado, talvez tenha servido de lição para ele que mentira tem pernas curtas...

Яoьεяτα disse...

Crendeuspai, qui azá coçê deu ein cumpadi...
kkkkkkkkkkkk

Eurico de Andrade disse...

Roberta! Num fui ieu não, sá! Cruzcredo! Se eu soubesse que vc ia pensar que eu era o feioso do causo, teria dado uma colher de chá pro personagem e feito ele mais bonitim.

Jaqueline Amorim disse...

Oi Eurico! Adorei o visú! Ficou ótimo, fico feliz que tenha dado certo o menu. Você acha que a fonte está grande?? Eu não achei não... Está ótima. Vou pesquisar a respeito da fonte e te falo depois... Beijos!

Blog do Beagle disse...

kakakakakakakaka não posso dizer mais nada kakakakakaka muito boa! Bjkª. Elza

Blog do Beagle disse...

Você conhece o causo daquele canditado a prefeito que prometeu ao povo calçar a cidade? Acho que farei um post sobre esse fato real. Só não me lembro o nome da cidade, mas acharei no mapa. Bjkª. Elza

Eurico de Andrade disse...

Jaqueline, obrigado pelo comentário. Estou aguardando novidades suas com relação ao tamanho da letra. Só vc para descobrir essas coisas pra gente.

Eurico de Andrade disse...

Elza, prefeito que prometeu calçar a cidade? Conheço não, mas vai ver foi em Tabuí. É só lá que acontecem certas coisas...

Mayra disse...

Oieee td bem querido???
tem selinho pra vc la no meu blog ;)

Bjos e boa semana

New disse...

É uma delícia ler esses causos... me lembra a infância.
Obrigada pela visita e pelo elogio ao meu blog. Mas, prá ser sincera, me acha tão desorganizada... Já o seu, sim é capricho só.
Não precisa ter inveja, viu? rsrsrs....
bjs.

New disse...

Já roubei seu banner, viu? Tava esperando por ele. Bem, mas para copiá-lo no meu blog, tive problemas e precisei mexer. Dê uma olhada, por favor.
Bjs.

Dalinha Catunda disse...

O Visual do seu blog ficou "MAAAAAARA..."
Gostei do alma gêmea, só que a coitada da Marli encontrou foi uma alma penada.
Gostei de ver o movimento em seu espaço.
Um abraço,
Dalinha

Eurico de Andrade disse...

Mayra, brigadim pelo selim, viu? Já tá ilustrando minha página, pra todo mundo vê.

Eurico de Andrade disse...

New, obrigado por ter colocado meu banner no seu blog. Sinto que vc é uma pessoa sempre disposta a ajudar. Assim deveriam ser todos, principalmente os que estão há mais tempo no pedaço, não é mesmo?

Eurico de Andrade disse...

Dalinha, modéstia às favas, tb tô achando meu blog bem biíto, sá! Agora só falta é enchê-lo de textos da melhor qualidade, né memo? Mas a gente chega lá! Quando vc tiver uma crítica tb, não deixe de manifestá-la, viu?

Яoьεяτα disse...

Ara sô...num sei não, causadiquê pra mim ele aparece direitim.

Eurico de Andrade disse...

Então tá, dona Roberta. Por aqui de vez em quando o bonequinho do seu blog aparece e de vez em quando ele some. Hoje ele apareceu e tá bem bonitinho.

disse...

E aí seu Eurico...
Ontem eu me enrolei e não consegui passar por aqui...
Vim pegar o seu selinho (no bom sentido é claro!)
Que bom que o pessoal gostou...rs
Agora tenho uma sugestão: Ao invés de "link-me" você poderia usar algo mais mineiro, tipo "Pode ispaiá" ou qualquer coisa assim... Não acha?
[]´s

Iara disse...

Terei maior prazer em ajudar sim.
uai, da ultima vez que vim aqui nao tinha aquela imagem la em cima nao..

Eurico de Andrade disse...

Não tinha mesmo, Iara. É novidade por aqui. Vc precisa voltar mais amiúde para descobrir "minhas" novidades. Abração.

Anônimo disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,