03/04/2008

Briga de galo

Vitinho não perdia uma aposta de briga de galo em Tabuí. Era batata. Aí apareceu alguém da cidade, depois de ter perdido todas, para pedir conselho ao Vitinho.
- O senhor entende mesmo de briga de galo, num é moço?
- Marromeno!
- Então me diga aí, na próxima luta, qual é o galo bom?
- Óia, o bão memo é o carijó! – Respondeu o Vitinho.
O moço da cidade apostou o resto dos trocados que tinha no galo carijó. Mas só que o carijó não deu no couro. Apanhou até perder o rumo de casa. O da cidade ficou brabo.
- Você não disse, seu caipira, que o galo carijó é que era o bom?
- Dizê eu disse e repito, é ele é que é o bão. Agora o marvado, que bate em todo mundo mesmo, é o vermeio.
Postar um comentário