15/11/2009

Mijadô vira milionário

Você decerto não conhece Toá. Não, pois que, se conhecesse, não saía de lá. Terra boa, de gente simples, mas tacanha. Uma dificuldade de entender as coisas que só vendo! Além do mais, diz-se em Tabuí que o povo de Toá, uma vilazinha lá dos cafundós, é o mais besteirento do mundo.

Pois foi lá em Toá que o velho João Pechincha foi, em noite de lua cheia, atrás da moita de assa-peixe, na beira do campo de futebol, mode fazer xixi, assim um pouco afastado da platéia, bem ao lado do Godofredo, que também se aliviava na moita. Pechincha foi chegando, desabotoando a calça e parece que conversando sozinho, todo carinhoso, tascou um:

- Milionário!!!...

- Hã?... - Perguntou, sem entender nada, o Godofredo, pensando que o negócio era com ele.

- Nada não, Godô! Só tô chamando o meu mijadô de milionário!

- Mas milionário pra mode quê, home de Deus?

Aí o carinho do homem mudou rapidinho pra raiva, enquanto guardava a documentação, depois da clássica balangada:

- É que esse porra tá sempre numa boa, não fica duro nunca! Isso é uma merda pros meus sentimentos! Esse droga só presta pra mijá!

8 comentários:

Jalul disse...

Amigo, estou com um caso semelhante. Meu colega de estrada botou o nome do bicho dele de José Rico. Diz ele que nem pintado de ouro e cravejado de brilhante presta mais pra nada!

Zenon disse...

Parabens Eurico... pelos causos... chorei d rir lendo-os...
Sou de Bambuí, e por acaso achei esse seu blog, e grande parte desses seus contos, sao causos contatos pelos moradores daki... entre os quais vc elenca abaixo no "Um Cadim di Mim":
Convivendo e conversando com João Pelota, Zé Rosa, João Garrote, João Geada, Zé Ficiano, Zé Pelotin ha, João Garrotinho, João do Zé Ficiano, Zeca do Zé Ficiano, Zé Albino, João Miguel, Zé do Orico, Zé Taviano, João Vergina, Zé Cota, Zé Ramo, João do João Vergina, Severo... Só podia dar no que deu, no meio de tantos zés e joães : um escrevedor de coisas da roça.
Já ouvi falar da maioria desses "caipiras", e pelo jeito q vc descreve "Zé Albino", seria o Jose Albino Dornelas, da comunidade de Araras??? Se for o mesmo Zé Albino, ele é meu avô...
Caso seja o msmo, mtooo bom saber q a memoria dele é contada em seus causos... Parabens...
Abraço...
Zenon
zenonbrasil@hotmail.com

Eurico de Andrade disse...

Leila,
Aqui no Tabuí, dizem que 3 litros de gemada com 3 quilos de amendoim por dia resolvem. Agora, se não tiver jeito mesmo, a diarréia entra para a história.

Eurico de Andrade disse...

Leila,
Aqui no Tabuí, dizem que 3 litros de gemada com 3 quilos de amendoim por dia resolvem. Agora, se não tiver jeito mesmo, a diarréia entra para a história.

Eurico de Andrade disse...

Zenon,
Quanto prazer receber alguém de Bambuí aqui no Tabuí, sô! Duas boas terras, uma vizinha da outra, pelo menos na minha cabeça. Tô pesquizando para saber se o meu Zé Albino é o seu avô.
Abraços

Jalul disse...

AMIGO EURICO,

TAVA PENSANDO AQUI NO MEU INSIGNIFICANTE E ACONCHEGADO RECINTO QUE O TROÇO DO JOÃO PECHINCHA AJUNTADO COM O DO MEU AMIGO DE ESTRADA BEM PODERIA FORMAR UMA DUPLA DE DOIS SERTANEJA. A MÚSICA DE TRABALHO, PENSEI, SERIA AQUELA QUE DIZ
"NÓIS FUMOS REIS QUE BRINCOU COM A SORTE E HOJE NUM SEMOS MAIS NADA E SÓ NOS RESTA A MORTE... O QUE FOI QUE FIZERAM COM NÓIS NÃO SEI... EU SÓ SEI QUE UM DIA NÓIS DOIS JÁ FUMOS REI"...

Imagens de Barbacena disse...

Eurico, desculpe-nos. Estamos totalmente sem tempo até pra atualizar o blog.
Seu banner já esta lá. Seu blog é muito divertido, tô rindo às pampas aqui.

Forte abraço
Eq. Imagens de Barbacena.

Anônimo disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,